Estão abertas, até o dia 25 de setembro, as inscrições para o processo seletivo de Residência Médica 2017 da Faculdade de Ciências Médicas, em parceria com o Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE). Há vagas para diversas especialidades. Para algumas, podem se candidatar profissionais com diploma de graduação plena em Medicina e registro no CREMERJ. Para outras, é preciso também ter concluído uma primeira residência. O programa de treinamento é de 60 horas semanais, com bolsa-auxílio de R$ 3.330,00. Os editais, assim como o link de inscrição no processo seletivo, estão disponíveis no site do Centro de Produção da UERJ: www.cepuerj.uerj.br.

A edição 2016 do Ranking Universitário Folha (RUF), promovido pelo jornal Folha de S. Paulo, apontou a UERJ como a segunda melhor universidade pública do estado e a 13ª do país. Em 2015, a UERJ ocupou a 14ª colocação entre as universidades brasileiras. Cinco indicadores formaram a nota do RUF: ensino, pesquisa, mercado, inovação e internacionalização. Dentre as 195 instituições públicas e privadas avaliadas, a UERJ alcançou a 9ª posição brasileira em pesquisa, o 6º lugar em internacionalização e o 8º em mercado de trabalho. O RUF é uma avaliação anual do ensino superior do Brasil feita desde 2012. Os dados que compõem os indicadores são coletados por uma equipe da Folha em bases de patentes brasileiras, bases de periódicos científicos, bases do MEC e pesquisas nacionais de opinião feitas pelo Datafolha. Pela primeira vez, a liderança do ranking ficou com a UFRJ, desbancando a USP, que ocupou a posição em todos os anos anteriores. Confira todos os dados do RUF em http://ruf.folha.uol.com.br/2016/ranking-de-universidades.

Foi aberto hoje na Uerj o XV Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC), com o tema "Experiências literárias, textualidades contemporâneas". Celebrando os 30 anos da associação, o evento foi planejado pelo Instituto de Letras desde junho do ano passado, quando professores da Universidade foram eleitos para a direção da entidade. A programação se estende até sexta-feira (23), reunindo 62 simpósios temáticos, mesas redondas, homenagens e assembleias para um público estimado em cerca de 3 mil participantes. Como 2016 foi escolhido o Ano do Samba na Uerj, a ABRALIC definiu que os espetáculos de abertura vão celebrar o ritmo musical, com a participação do músico Daniel Saman e da cantora Isabella Taviani, cantando as canções de Noel Rosa. As apresentações acontecem nesta segunda, a partir das 18h30, no Teatro Odylo Costa, filho. O roteiro completo do evento você encontra no site www.abralic.org.br.

Começou nesta segunda-feira (19) a Campanha Nacional de Multivacinação em todo o País, para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. As faixas etárias alvo compreendem os menores de 5 anos e aqueles entre 9 e 15 anos. O Dia D de mobilização nacional está marcado para o próximo sábado (24), quando os postos estarão abertos para atender aos que tiverem dificuldades de comparecer em horário comercial. A campanha segue até 30 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos em todo o Brasil. O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis e reduzir os índices de abandono à vacinação – principalmente entre adolescentes. Em janeiro deste ano, o Ministério da Saúde alterou o esquema de aplicação de quatro vacinas: poliomielite, HPV, meningocócica C e pneumocócica 10 valente. A principal mudança ocorreu no esquema vacinal contra a poliomielite, que passou a ter três doses da vacina injetável e mais duas de reforço com a vacina oral.

Os membros dos Conselho Universitário (CONSUN) aprovaram, na sessão de sexta-feira (02), uma moção contra ao impeachment de Dilma Rousseff. A presidente, acusada de crime de responsabilidade fiscal, perdeu o cargo após votação no Senado na última quarta-feira (31). No texto, intitulado "Moção de repúdio ao golpe contra a democracia em nosso país", estudantes, técnicos e professores se posicionaram contra a decisão dos parlamentares. O texto diz que houve um ataque à democracia, "construída duramente na luta dos movimentos sociais". Os membros do CONSUN também ressaltam a rejeição a qualquer proposta de reforma do Estado que implique perda de direitos trabalhistas, privatização de serviços públicos e a perda de recursos constitucionais destinados às políticas sociais. Finalizam dizendo que o afastamento da presidente desrespeitou frontalmente a Constituição Federal.

Leia o documento na íntegra.

A 27ª edição da Uerj Sem Muros foi adiada mais uma vez.Tradicionalmente realizado no mês de setembro, o evento havia sido transferido para novembro e agora foi marcado para os dias 24 a 28 de abril de 2017. A medida foi tomada pela Administração Central em virtude do período de cinco meses de greve, somado ao recesso olímpico, que fez com que o primeiro semestre letivo de 2016 começasse somente na última segunda-feira, dia 29. O prazo de inscrições dos projetos, que seria de 1º a 23 de setembro, foi cancelado e ainda não tem novas datas definidas. A Uerj Sem Muros é um evento que mobiliza toda a Universidade durante uma semana, para apresentar à sociedade a produção acadêmica nas diversas áreas do conhecimento, envolvendo pesquisa, ensino, extensão e cultura.

O Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-Uerj) abriu inscrições para o processo seletivo 2017, que se destina a preenchimento de vagas no ensino fundamental. Para ingresso no primeiro ano, a criança deve ter nascido entre 1º de janeiro de 2010 e 31 de dezembro de 2011, e a seleção será feita por sorteio público no dia 8 de novembro. Já para o sexto ano, é preciso ter nascido a partir de 1º de janeiro de 2004 e estar concluindo ou já ter concluído o quinto ano. Estes candidatos farão prova de matemática, português e redação no dia 13 de novembro. São 60 vagas para cada uma das séries. Os responsáveis devem fazer as inscrições até o dia 29 de setembro, pelo site www.cap2017.uerj.br.

O Instituto de Psicologia da Uerj promove na próxima semana as jornadas "Subjetividades em batalha, territórios em guerra: geopolítica, sexualidade, migração e violência". O evento acontece nos dias 5 e 6 de setembro, no auditório 91, 9º andar, bloco F, aqui no Campus Maracanã. O objetivo do encontro é criar um espaço de discussão sobre migração e sexualidade, integrando diversas unidades acadêmicas da Universidade, bem como pesquisadores e profissionais diversos da comunidade externa que se debruçam sobre tais temáticas. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas no local. Durante o evento, o hall em frente ao auditório recebe a exposição "Vidas Refugiadas", com fotografias de Victor Moryama e curadoria de Gabriela Ferraz. A mostra, que traz ao público uma reflexão sobre a adaptação de mulheres refugiadas à vida no Brasil, poderá ser visitada das 8h às 21h.